REENCONTRO APÓS 50 ANOS – DESAPARECIDAS, IRMÃS BAIANAS VIVIAM EM CIDADES VIZINHAS NO INTERIOR DE RO

segunda-feira, 30 de julho de 2012


Publicado em 30/07/2012 00:46 h.

REENCONTRO APÓS 50 ANOS – DESAPARECIDAS, IRMÃS BAIANAS VIVIAM EM CIDADES VIZINHAS NO INTERIOR DE RO

As irmãs disseram que a partir de agora com a propagação da história na internet pretendem reencontrar uma terceira irmã por nome Zilda Ramalho

Uma inacreditável coincidência levou as irmãs Benedita Ramalho, 58 anos e Maria Ramalho, 61 anos, a se reencontrarem após meio século sem notícia uma da outra. A história do reencontro começou a partir de uma viagem de taxi contradada na última quinta feira (26) pelo esposo de Maria Ramalho, que reside com ela na cidade Campo Novo de Rondônia, coincidentemente o motorista do taxi era Evanildo Ramalho, filho de Benedita Ramalho, que reside com a mãe em Monte Negro, ou seja, cidades distante 50 Km uma da outra, a viagem foi contratada pelo esposo por nome Adão para leva-lo da cidade Ariquemes para Campo Novo e durante o percurso Evanildo e Adão começaram a contar as histórias de que um e o outro eram natural da Bahia, foi quando o Sr Adão falou que tinha uma cunhada por nome Benedita Ramalho e que era da cidade de Companhia Paulista/BA, mas que sua esposa Maria dizia que aos sete anos de idade a família dela (pai, mãe e irmãs) se separaram e foram criadas por famílias diferentes desde então não tiveram mais contato. Evanildo passou a especular mais informações e foi onde descobriram que a mãe dele e a esposa do Sr Adão eram irmãs e viviam pertinho uma da outra há 25 anos sem saberem. No dia seguinte combinaram um encontro entre Benedita e Maria na cidade de Campo Novo, lá juntas confirmaram as histórias de 50 anos atrás. Em entrevista a reportagem do Rondoniavip dona Maria disse que desde quando se separou dos pais e irmãos, morou 25 anos no estado da Bahia onde lá se casou e junto com seu esposo vieram para Rondônia e residiram 2 anos na cidade de Colorado do Oeste e atualmente estão em Campo Novo há 23 anos e tiveram 8 filhos, mais uma coincidência a irmã Benedita também desde que se separaram morou por 25 anos na Bahia onde se casou e veio para Rondônia e onde mora em Monte Negro há 25 anos e teve 8 filhos com seu esposo que faleceu há 20 anos. Para comemorarem o reencontro, as famílias realizaram um churrasco neste domingo (29) na casa de Evanildo em Monte Negro. Finalizando a entrevista as irmãs disseram que a partir de agora com a propagação da história na internet pretendem reencontrar uma terceira irmã por nome Zilda Ramalho.
autor:Paulo Silva





















REENCONTRO APÓS 50 ANOS – SEM SABER, IRMÃS SEPARADAS VIVIAM EM CIDADES VIZINHAS NO INTERIOR DE ROREENCONTRO APÓS 50 ANOS – SEM SABER, IRMÃS SEPARADAS VIVIAM EM CIDADES VIZINHAS NO INTERIOR DE RO REENCONTRO APÓS 50 ANOS – SEM SABER, IRMÃS SEPARADAS VIVIAM EM CIDADES VIZINHAS NO INTERIOR DE RO

0 comentários:

Postar um comentário

 
pingusso © 2011 | Designed by RumahDijual, in collaboration with Online Casino, Uncharted 3 and MW3 Forum